Mãe, “Abençoada”




“Eu a abençoarei e ela será mãe de nações.” (Gênesis 17;16)

Mês de Maio ,mês que a sociedade comemora o mês das mães, é verdade que esse dia é pouco para demonstrar a grandiosidade desse ser tão lindo.

A citação da referência bíblica acima resume tudo quanto gostaria de escrever.

“Abençoada” porque se não fosse pela bondade do Criador não existiríamos. A benção de gerar…refiro tanto para as mães biológicas quanto mães do coração.

Essa promessa de Gênesis 17 foi feita a Sara esposa de Abraão e como suas filhas espirituais através da fé , somos herdeiras de uma promessa extraordinária .

Geramos vidas, por que Ele o Senhor soprou o fôlego de vida em nós.

Ao contemplar um ser tão pequenino saindo de dentro de nós, o coração parece que sai junto, e para o resto da nossa vida ,temos a sensação de caminhar com o coração nas mãos. São tantas experiências, emoções vívidas, noites mal dormidas, oração constante , trabalho incessante, como tudo é tão intenso. Não é fácil , porém é lindo.

Diante de uma geração tão conturbada, o Espírito Santo trás uma palavra de ânimo ao nosso espírito.

“Foi Eu o Senhor quem te abençoou, quem fez a promessa, “

Faça a tua parte com diligência, amor, aplique a Palavra de Deus aos corações dos filhos pois Deus fará florescer ,frutificar.

Mães que hoje, quem sabe, choram por vê filhos caminhando por caminhos tortuosos, como é difícil, pois não geramos filhos para a perdição e sim para a salvação, mas se você tem feito a sua parte fica tranquila, Deus não perdeu o controle.

A sua constância , temor a Deus faz com que alguém glorifica o Nome do Senhor.

Mães espirituais que geram filhos do coração, gestam por longos meses, anos , passam pela “dor do parto” e depois vê o nascimento e crescimento dos mesmos…Como isso é lindo.

Mães e manhesss…rss nome tão falado , tão lembrado .

Quero lembrar que assim como Sara não era perfeita, lembra?? Tinha um temperamento “intenso”, assim também somos, por mais diferente que sejamos uma da outra,falhamos, erramos, quanto de Sara temos em nós.

Independente do tempo que Sara viveu ou os tempos atuais , o desafio é o mesmo: Gerar, criar filhos para o propósito de Deus .

A todas nós Mães,

Um abraço especial, uma “injeção”de ânimo, Terá recompensa para o nosso trabalho! Carinhosamente Erilany Allied.